Páginas

segunda-feira, 8 de junho de 2015

Quero viver em seu beijo


Lhe beijei sem me importar em borrar o batom, sem me importar com pessoas a nossa volta, sem me importar com gritos de alerta da minha razão. Lhe beijei entregue aos seus encantos, olhar sedutor, sorriso calmo. Lhe beijei esperando que não fosse a última vez. Lhe beijei sem pudor, sem medo, sem paranoias. Tentei resistir, até fugir, inventei desculpas para me manter afastada, mas quando lhe vejo piso em qualquer obstaculo, só quero lhe ter. Lhe beijei, deixando para trás a racionalidade. Mergulhei em seu clima, seu carinho, sua doçura. Me senti acolhida em seus braços. Lhe beijei e lhe desejei como se isso fosse meu mundo. Lhe beijei como quem toma café, um hábito prazeroso. Foi um beijo sem pressa, leve, intenso, daqueles que nos transportam pra outra dimensão. Lhe beijei e sei que mais desses podem me fazer grudar em seu corpo. Lhe beijei acreditando na força que um beijo tem. Sua boca mansa me fez esquecer problemas e preocupações, me levou ao estado de êxtase. Seu cabelo macio nas minhas mãos, seus lábios se encaixaram com os meus. A harmônia de um beijo que envolve corpo e alma. Lhe beijei e agora não há mais para onde correr. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário